Rebrotes na silvicultura – como quantificar e localizar?

Os rebrotes na silvicultura ocorrem em diversas situações. Quando após o primeiro corte da árvore se deseja continuar um novo ciclo produtivo. Ou ainda em novas linhas de plantio de outra espécie, a própria planta se torna competidora.

 

No caso que estamos apresentando, por exemplo anteriormente havia uma floresta de eucalipto, e após o corte, colheita o solo foi preparado para receber mudas de acácia.

 

Segundo a EMBRAPA, de forma geral as diversas espécies de eucalipto se adaptam muito bem em qualquer tipo de solo e condição climática. E assim como acontece com o crescimento rápido da árvore num ciclo produtivo, da mesma forma os rebrotes surgem rapidamente.

 

A área mapeada fica na região de Canguçu/RS, e os brotos de eucalipto se adaptaram com muita facilidade as condições de clima e solo do local. Mesmo o plantio da acácia tendo ocorrido nas entrelinhas e com um bom espaçamento, a reprodução de ervas daninhas e dos rebrotes se tornou uma forte matocompetição para as novas mudas.

 

Por isso o desafio desse trabalho, foi localizar e quantificar as áreas esparsas de rebrotes de eucaliptos entre as linhas de acácia.

 

RESULTADOS

 

O resultado serviu para que os gerentes e as equipes de campo pudessem orientar esforços nos locais dentro dos vários talhões. E realizar o corte e retirada definitiva das árvores, nesse caso, competidoras.

 

Em 05 dias de trabalho, 25 pontos de apoio a campo e mais de 5.000 fotos processadas e classificadas, foi possível mapear todos os talhões da área, com alto nível de detalhamento e resolução espacial.

 

O resultado do trabalho apresentou a localização e identificação de 08 hectares totais de rebrotes espalhados na área. Foi com muita satisfação entregar um mapeamento altamente preciso, rápido e eficiente.

 

Confira o material que preparamos com detalhes do estudo realizado na área. A metodologia e as tecnologias empregadas no mapeamento e os ótimos resultados finais entregues.

 

BAIXAR MATERIAL

 

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *